Smiling young woman with red hair, wearing a green shirt, happy after Canesten bacterial vaginosis treatment

O que é a vaginose bacteriana?

Sabe o que é a vaginose bacteriana (VB) e quais são os seus sintomas. Descobre quem está mais propenso a contrair esta infeção vaginal e quais as diferenças entre candidíase e VB. Encontra ainda informação sobre o tratamento da vaginose bacteriana e como prevenir a reincidência desta infeção.

Vaginose bacteriana

Pode ser desagradável e impedir que aproveites a vida ao máximo, mas não precisas entrar em pânico, a vaginose bacteriana é uma infeção vaginal facilmente tratável e muito comum – Afecta 1 em cada 3 mulheres em idade fértil.

A vaginose bacteriana é uma infeção vaginal causada, tal como o próprio nome indica, por bactérias, e não por fungos como é o caso da candidíase, e que ocorre quando há um desequilíbrio na microflora vaginal.

Normalmente o pH da vagina é ácido, o que impede o crescimento excessivo das bactérias "más" e ajuda a manter um nível saudável de bactérias "boas”. No entanto, por vezes, as condições podem alterar-se e o pH vaginal pode tornar-se menos ácido, o que permite um crescimento exacerbado de bactérias "más” causando a vaginose bacteriana.

É mais provável que desenvolvas vaginose bacteriana se:

  • És sexualmente ativa (mas as mulheres que nunca tiveram relações sexuais também podem desenvolver vaginose bacteriana

  • Mudaste de parceiro sexual

  • Utilizas um DIU (dispositivo intra-uterino) como método de contraceção

  • Utilizas produtos perfumados na zona íntima

  • Estiveres no período menstrual

  • Estás a tomar algum tipo de medicação, como, por exemplo, antibióticos


Sintomas da vaginose bacteriana

Ter vaginose bacteriana pode ser preocupante porque os sintomas não são agradáveis. Poderás notar um odor forte a peixe e observar que o teu corrimento muda de aspeto para acinzentado e aquoso e que estes sintomas pioram após as relações sexuais.

Embora estes sejam os sintomas mais comuns, é importante que saibas que cada mulher pode experienciar a vaginose bacteriana de maneira diferente ou, inclusivamente, não notar quaisquer sintomas. Por isso, é importante que te conheças a ti própria e estejas atenta às alterações que possam surgir.

Os sintomas da candidíase são: dor e comichão na vulva e vagina, corrimento branco sem odor com aspeto de requeijão e ardor ao urinar.

Como sei que não é candidíase?

É comum que as mulheres confundam a vaginose bacteriana com candidíase, mas as duas são infeções vaginais muito diferentes e que exigem, por isso, tratamentos distintos.

Já a vaginose bacteriana provoca odor desagradável a peixe, corrimento aguado acinzentado mas não deverá causar qualquer dor ou comichão. Provoca odor desagradável a peixe, corrimento aguado acinzentado.

Sintomas diferentes podem deixar-te na dúvida sobre qual das infeções vaginais tens. Nesse caso deves utilizar Gyno-Canestest, um teste de autodiagnóstico de infeções vaginais e que mede o pH da vagina com uma precisão de 90% e que podes fazer no conforto da tua casa. Combinando os resultados do teste com os teus sintomas podes saber se tens vaginose bacteriana ou candidíase e, começar o tratamento.

Quando consultar um médico

Deves consultar um médico se for a primeira vez que tens vaginose bacteriana ou se estiveres grávida. As grávidas podem estar mais suscetíveis a infeções vaginais já que todas as mudanças hormonais a que estão sujeitas podem afetar o equilíbrio da flora vaginal. Recomendamos que consultes um médico, pois a vaginose bacteriana pode causar complicações na gravidez.

Como tratar a vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é uma infeção vaginal fácil de tratar em casa com soluções de venda livre. Gyno-Canesbalance é um gel vaginal que te permite tratar a vaginose bacteriana em apenas 7 dias. Com benefício triplo, Gyno-Canesbalance:

  • Elimina eficazmente o mau odor e o corrimento aguado acinzentado

  • Limita o crescimento das bactérias "más” que causam a infeção

  • Potencia o crescimento de bactérias "boas”

Prevenção da vaginose bacteriana

A prevenção é sempre preferível ao tratamento e é muito mais facil prevenir a vaginose bacteriana se seguires algumas dicas simples. Antes de mais, deves lembrar-te que a zona íntima é mais delicada que o resto do corpo, pelo que não deves usar os mesmos sabões ou géis de banho que usas noustras zonas, porque isso pode afetar o equilíbrio do pH vaginal.Utiliza um gel de higiene íntima diária com ácido lático, especificamente. desenvolvido para lavar e proteger a zona íntima, mantendo o equilíbrio do pH. Recomendamos ainda que optes por duches em vez de banhos de imersão

Outras dicas para prevenir que a vaginose bacteriana reapareça:

  • Não uses desodorizantes ou produtos perfumados na zona íntima

  • Não laves a zona íntima demasiadas vezes

  • Não faças duches vaginais

  • Não uses detergentes demasiado fortes para lavar a roupa interior

  • Muda os tampões e os pensos higiénicos frequentemente

  • Certifica-te que te limpas da frente para trás quando vais à casa de banho

  • Muda a roupa interior depois de nadares ou practicares exercício físico

Se sofres recorrentemente de candidíase ou de vaginose bacteriana, podes considerar usar Gyno-Canesbalance. Este gel vaginal contem prebióticos naturais, ácido lático e glicogénio, que reequilibram a flora vaginal ao acidificar o meio e auxiliar o crescimento das bactérias “boas”, os lactobacilos.

Sabe mais sobre saúde íntima

Mulher ativa a usar um top, em pé numa pose de poder com uma paisagem com o sol de fundo

Saúde vaginal: o que precisas saber

Sabe mais sobre as causas e os fatores de risco das infeções vaginais. Sabe quais os sintomas destas infeções e encontra dicas sobre como prevenir o seu aparecimento.

SABE MAIS
Mulher sorridente com cabelo encaracolado, que está a usar uma blusa azul e satisfeita depois de ter experimentado o tratamento da Canesten para a candidíase

O que é a candidíase?

Sabe o que é a candidíase vaginal e quais são os sintomas mais comuns desta infeção fúngica para que a possas identificar facilmente. Podes ainda saber como tratar a candidíase e como evitar que esta se torne uma infeção vaginal recorrente.

SABE MAIS
Mulher a pensar nas respostas ao Quiz sobre candidíase

Quiz sobre a candidíase

Faz o nosso quiz sobre a candidíase e descobre o que é facto e o que é mito. Testa o teu conhecimento sobre saúde íntima feminina e partilha os teus resultados!

QUIZ ONLINE
Homem jovem e sorridente com uma blusa cinzenta, contente com o tratamento da Canesten para candidíase

Causas e sintomas da candidíase no homem

Sabe mais sobre os sintomas da candidíase no homem, sua prevenção e tratamento desta infeção fúngica.

SABE MAIS
Senhora sorridente na pré-menopausa vestida de amarelo

Tudo o que precisas saber sobre a candidíase na gravidez

Sabe como evitar e prevenir o desenvolvimento de uma infeção vaginal fúngica durante a gravidez.

SABE MAIS
Rapariga sorridente de chapéu com um calendário do seu ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual é essencial para te compreenderes a ti mesma. Descobre aqui em que consiste, como funciona e tudo o que influencia o ciclo menstrual.

SABE MAIS
Rapariga de blusa clara sobre um fundo azul a questionar-se se a síndrome pré-menstrual existe

A síndrome pré-menstrual (SPM) existe?

Cada mulher é única e, por isso, passará pela síndrome pré-menstrual (SPM) de forma diferente. Pode ser bastante incomodativa (ou não) afetar tanto mulheres na adolescência como com 30 ou 40 anos.

SABE MAIS
Senhora sorridente na pré-menopausa vestida de amarelo

O que ocorre na menopausa

A menopausa é uma fase que ocorre na vida de todas as mulheres. Encontra aqui tudo o que precisas saber para compreenderes melhor a menopausa, os seus sintomas e como podes aliviá-los.

SABE MAIS