Mulher em calções a atar as suas sapatilhas brancas

O que é o pé de atleta

Sabe o que é o pé de atleta e como podes contrair esta infeção que afeta a saúde dos pés. Conhece quais os sintomas do pé de atleta e como tratar esta infeção fúngica da pele dos pés. Descobre ainda algumas dicas sobre como o podes prevenir.

O que é o pé de atleta?

Não precisas ser atleta para contrair esta infeção fúngica! O pé de atleta, clinicamente designado tinea pedis, é uma infeção fúngica altamente contagiosa que afeta a pele dos pés, mas que também se pode propagar às unhas dos pés, ou até mesmo às mãos.

O pé de atleta é facilmente contraído pelo contacto direto com uma pessoa infetada, pela partilha de lençóis, pelo toque em toalhas ou em roupa que estejam infetadas com o fungo, ou por andar descalço em balneários, chuveiros públicos, ginásios ou piscinas.

É mais provável contraíres esta infeção se a pele dos teus pés estiver lesada ou se tiveres tendência para teres os pés suados ou húmidos. Os fungos proliferam com maior facilidade em ambientes quentes e húmidos, pelo que deves evitar usar meias e sapatos molhados ou húmidos. É exatamente por isso que é mais comum nos atletas!

O pé de atleta ocorre, geralmente, entre os dedos, mas também pode afetar as solas e laterais dos pés. Começa normalmente por se manifestar num ou nos dois pés, mas pode espalhar-se para as mãos, ou outras partes do corpo, simplesmente por coçares ou beliscares inadvertidamente partes infetadas do pé.

Sintomas do pé de atleta

Os sintomas do pé de atleta são incómodos e a infeção é altamente contagiosa, mas podes ficar descansado porque esta infeção fúngica é fácil de tratar. Se souberes reconhecer os seus sintomas poderás começar o tratamento mais rapidamente.

Podes estar a sofrer de pé de atleta se tiveres alguns dos seguintes sintomas:

  • Comichão, ardor ou sensação de queimadura nos dedos e nos pés, pior quando tiras as meias e sapatos.

  • Pele muito seca, gretada ou a descamar.

  • Pele rachada, fragilizada (amaciada) ou esbranquiçada entre os dedos dos pés.

  • Fissuras ou rachas na sola dos pés ou nos calcanhares. O pé de atleta do tipo mocassim, que se carateriza por secura crónica e descamação da sola e laterais dos pés (daí o nome mocassim), é fácil de confundir com eczema ou pele seca.

  • Bolhas nos pés. Alguns tipos de pé de atleta podem causar bolhas ou úlceras.

  • • Mau cheiro dos pés. Este sintoma pode ser indicador da presença de bactérias que também se podem propagar nos pés.

Homem a saltar e o símbolo de mais vendido na europa da Canesten

Tratamento para o pé de Atleta

Deves tratar sempre o pé de atleta assim que notares os sintomas. O pé de atleta pode ser facilmente tratado com medicamentos antifúngicos tópicos de venda livre, disponíveis em diferentes formatos como creme, spray e pó.

Os medicamentos antifúngicos Canesten eliminam de forma eficaz a maioria dos fungos causadores do pé de atleta, incluindo dermatófitos. São fáceis de aplicar, penetram rapidamente na pele para aliviar os sintomas, e eliminam os fungos, prevenindo a sua propagação. Os produtos Canesten podem ser comprados em farmácias, parafarmácias ou online.

Quando deves consultar um médico

Se não conseguires resolver o teu problema de pé de atleta com medicamentos de venda livre ou se os sintomas se agravarem, poderás necessitar de consultar um médico e obteres outro tipo de tratamento. Deves ainda consultar um médico se:

  • Estiveres grávida ou tiveres uma idade mais avançada. Os medicamentos antifúngicos podem não ser o tratamento adequado para ti, e um médico poderá aconselhar-te um tratamento alternativo.

  • Sentires demasiado desconforto.

  • O teu pé estiver vermelho, quente e doer. Isto pode significar que se trata de uma infeção mais grave que o pé de atleta.

  • Sofres de diabetes. Os problemas nos pés podem ser mais complicados para pessoas que sofrem de diabetes. O pé de atleta pode levar ao desenvolvimento de infeções bacterianas.

  • O teu sistema imunitário estiver enfraquecido.

Prevenir o pé de atleta

Se achas que estás em risco de contrair pé de atleta, segue algumas regras simples que te podem ajudar a evitar contrair esta infeção fúngica e a impedir que reapareça.

Deves:

  • Secar sempre os pés cuidadosamente, em especial nas zonas entre os dedos. Fá-lo com toques suaves em vez de esfregar.

  • Utilizar meias lavadas todos os dias e mudá-las se estiver calor ou depois de praticares desporto. Meias de algodão são a melhor opção.

  • Tirar os sapatos logo que chegas a casa, para deixar os teus pés “respirar”.

  • Usar uma toalha diferente para os pés e lavá-la regularmente.

  • Usar sandálias sempre que puderes, ou sapatos feitos de materiais naturais, como couro ou lona.

Homem atlético a atar os seus sapatos pretos

Também deves evitar:

  • Coçar a pele afetada, pois pode levar a que infeção se espalhe a outras partes do corpo.

  • Andar descalço, especialmente em balneários, piscinas e chuveiros públicos

  • Partilhar toalhas, meias ou sapatos com outras pessoas

  • Usar o mesmo par de sapatos dois dias seguidos

  • Usar sapatos que façam os pés transpirar, ou que os tornem demasiado quentes