Smiling young woman with curly hair, wearing a blue shirt, happy after Canesten thrush treatment

O que é a candidíase?

Sabe o que é a candidíase vaginal e quais são os sintomas mais comuns desta infeção fúngica para que a possas identificar facilmente. Podes ainda saber como tratar a candidíase e como evitar que esta se torne uma infeção vaginal recorrente.

Candidíase vaginal

A candidíase é uma infeção muito comum, mas pouco falada nas conversas entre mulheres. Por isso, vamos falar sobre candidíase, uma infeção fúngica vaginal comum, causada pelo crescimento exacerbado dos fungos naturalmente presentes na vagina, predominantemente a Candida albicans.

Normalmente, o crescimento da candida é mantido num valor saudável pelas bactérias “boas” da flora vaginal (lactobacilos) e um nível de pH ácido. Contudo, quando a vagina fica menos ácida do que o normal, as bactérias “más” ou os fungos começam a desenvolver-se em excesso. Isto pode levar ao desenvolvimento de uma infeção fúngica vaginal.

A candidíase vaginal é tão comum que 3 em cada 4 mulheres a terão pelo menos uma vez na sua vida. E muitas sofrerão de candidíase recorrentemente. Contudo, existem algumas circunstâncias ou fatores que te podem tornar mais suscetível a contrair uma infeção fúngica, por isso é importante saberes o que é a candidíase e como te protegeres.

Estás em maior risco de desenvolver candidíase se:

  • Estás grávida

  • Acabaste recentemente de tomar antibióticos

  • Tens diabetes

  • Estás menstruada

  • Tomas a pílula contracetiva

  • Foste diagnosticada com VIH

Não te preocupes! A candidíase não é uma infeção sexualmente transmissível, já que existem diferentes causas e origens. No entanto, pode ser passada ao parceiro sexual, por isso, se tens candidíase vaginal, deves utilizar métodos contracetivos barreira, para evitar contagiar o parceiro.

Sintomas de candidíase

Existem alguns sintomas de candidíase vaginal que são muito fáceis de identificar e reconhecer. Lembra-te que todas as pessoas são diferentes, pelo que os sintomas podem variar desde leves, a moderados ou a mais complicados.

Presta atenção aos seguintes sintomas de candidíase:

  • Prurido, comichão, ardor e dor ao redor da vagina, bem como vermelhidão e inchaço dos lábios vaginais
  • Corrimento com aspeto de requeijão - branco, espesso e com grumos e sem odor
  • Sensação de desconforto durante as relações sexuais

Sabias que os homens também podem sofrer de candidíase.

Sabe mais sobre a candidíase no homem.

Se é a primeira vez que tens candidíase, deves consultar um médico. Se já foste diagnosticada, podes começar o tratamento em casa. Felizmente, a candidíase tem um tratamento fácil e rápido, mas também deves considerar procurar aconselhamento médico se:

  • Tens menos de 16 anos

  • Tens candidíase frequentemente, mais de duas vezes no espaço de 6 meses

  • O tratamento não funcionou

  • Estás grávida ou a amamentar

  • O teu sistema imunitário está debilitado, por exemplo se tens diabetes, infeção por VIH ou estás em processo de quimioterapia

Tratamento da candidíase

Na maioria dos casos, é bastante fácil tratar a candidíase. Para um alívio completo deves usar produtos de aplicação interna, que tratarão a infeção vaginal, e produtos de aplicação externa que ajudarão a aliviar os sintomas. Gino-Canesten dispõe de uma gama alargada de produtos desde creme, cápsula mole e comprimidos vaginais, pelo que podes optar pelo tratamento com o qual te sentires mais confortável. A duração do tratamento da candidíase depende do produto que utilizares. Se optares pela cápsula mole vaginal, o tratamento é de uma única aplicação. No entanto, se optares pelos comprimidos ou creme vaginal, deverás fazer a sua aplicação diariamente ao deitar durante 6 dias.

A escolha do tratamento é unicamente tua e deverá ser aquela que melhor se adequa a ti e aos teus sintomas. Se queres o tratamento mais rápido, deves escolher a cápsula mole vaginal. No entanto, se tiveres sintomas incomodativos como ardor e comichão, deverás combinar a cápsula mole com a aplicação externa do creme vaginal.

Não te sintas tentada a usar apenas opções de tratamento de aplicação externa ou a aplicar o creme apenas externamente. Isto só ajudará a aliviar os sintomas da infeção fúngica, não fará com que te livres da causa da candidíase vaginal.

Não precisas de receita médica para comprar Gino-Canesten e também podes associar ao tratamento a lavagem com gel de higiene íntima calmante para ajudar a aliviar os sintomas externos.

Prevenção da candidíase

Algumas pessoas sofrem de candidíase de forma recorrente o que pode ser causado pelas suas opções de estilo de vida. Se os sintomas da candidíase são um problema para ti, há alguns hábitos que podes mudar para prevenir que a candidíase reapareça. Antes de mais, deves lembrar-te que a zona íntima tem um pH diferente do resto do corpo, pelo que sabões ou géis de banho perfumados podem afetar o pH e a microflora da tua vagina. Uma solução para a higiene íntima pode ser a utilização de um gel de higiene íntima diária com ácido lático, especificamente desenvolvido para lavar e proteger a zona íntima, mantendo o equilíbrio do pH vaginal.

Utilizar roupa interior apertada e sintética e roupa justa como leggings pode favorecer o crescimento do fungo candida, fungo responsável pela candidíase, devido à acumulação acumulação de humidade nos tecidos não respiráveis. Além de evitar este tipo de materiais é recomendável que mudes as roupas molhadas após practicar natação ou outro exercício físico. Outras dicas para prevenir a candidíase são:

  • Evita o uso de desodorizantes na zona íntima e duches vaginais

  • Tenta gerir o stress e adotar um estilo de vida saudável para que possas manter um sistema imunitário fortalecido

  • Evita alimentos com elevado nível de açúcar

  • Muda os tampões e pensos higiénicos frequentemente

  • Certifica-te que te limpas da frente para trás quando vais à casa de banho

  • Evita jacuzzis e banhos demasiado quentes

A candidíase pode acontecer a qualquer pessoa. É fácil identificar os sintomas desta infeção fúngica vaginal e o seu tratamento pode ser simples. Contudo, se sofres recorrentemente de candidíase, tomar probióticos ou aplicar produtos que promovem o equilíbrio da microflora vaginal pode ajudar-te a manter os níveis de bactérias "boas" na vagina.Podes utilizar um gel vaginal com ácido lático e glicogénio, que promovem o reequilíbrio da microflora vaginal ao acidificar o pH vaginal e potenciar o crescimento dos lactobacilos, as bactérias “boas”.

Sabe mais sobre saúde íntima

Mulher a pensar nas respostas ao Quiz sobre candidíase

Quiz sobre a candidíase

Faz o nosso quiz sobre a candidíase e descobre o que é facto e o que é mito. Testa o teu conhecimento sobre saúde íntima feminina e partilha os teus resultados!

QUIZ ONLINE
Homem jovem e sorridente com uma blusa cinzenta, contente com o tratamento da Canesten para candidíase

Causas e sintomas da candidíase no homem

Sabe mais sobre os sintomas da candidíase no homem, sua prevenção e tratamento desta infeção fúngica.

SABE MAIS
Senhora sorridente na pré-menopausa vestida de amarelo

Tudo o que precisas de saber sobre candidíase na gravidez

Sabe como evitar e prevenir que esta infecão fúngica vaginal se desenvolva na gravidez.

SABE MAIS
Mulher sorridente com cabelo ruivo, a usar uma blusa verde, contente com o resultado do tratamento da Canesten para a vaginose bacteriana

O que é a vaginose bacteriana?

Sabe o que é a vaginose bacteriana (VB) e quais são os seus sintomas. Descobre quem está mais propenso a contrair esta infeção vaginal e quais as diferenças entre candidíase e VB. Encontra ainda informação sobre o tratamento da vaginose bacteriana e como prevenir a reincidência desta infeção.

SABE MAIS
Mulher ativa a usar um top, em pé numa pose de poder com uma paisagem com o sol de fundo

Saúde vaginal: o que precisas saber

Sabe mais sobre as causas e os fatores de risco das infeções vaginais. Sabe quais os sintomas destas infeções e encontra dicas sobre como prevenir o seu aparecimento.

SABE MAIS
Rapariga sorridente de chapéu com um calendário do seu ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual é essencial para te compreenderes a ti mesma. Descobre aqui em que consiste, como funciona e tudo o que influencia o ciclo menstrual.

SABE MAIS
Rapariga de blusa clara sobre um fundo azul a questionar-se se a síndrome pré-menstrual existe

A síndrome pré-menstrual (SPM) existe?

Cada mulher é única e, por isso, passará pela síndrome pré-menstrual (SPM) de forma diferente. Pode ser bastante incomodativa (ou não) e afetar tanto mulheres na adolescência como com 30 ou 40 anos.

SABE MAIS
Rapariga sorridente de chapéu com um calendário do seu ciclo menstrual

O que ocurre na menopausa

A menopausa é uma fase que ocorre na vida de todas as mulheres. Encontra aqui tudo o que precisas saber para compreenderes melhor a menopausa, os seus sintomas e como podes aliviá-los.

SABE MAIS