Mulher de óculos de sol sorridentesobre fundo cinza e confetis vermelhos

Higiene Íntima Feminina

Muitas mulheres não consideram a higiene íntima como distinta da sua rotina de higiene comum. No entanto, uma higiene íntima adequada requer hábitos específicos que são essenciais no controlo e prevenção de infeções, já que a zona íntima feminina é delicada e propensa a elas.

 

 

 

A vagina tem um pH ácido, mais ácido do que a pele do resto do corpo, o que ajuda a manter as bactérias boas (os lactobacilos) saudáveis e a manter controladas as bactérias más. Respeitar hábitos adequados de higiene íntima pode evitar perturbações no equilíbrio do pH e, portanto, ajudar a prevenir infeções vaginais, tais como a vaginose bacteriana (VB).

Se tens uma infeçâo vaginal ou se sentes desconforto , lavar con sabonetes normais pode piorar os sintomas.

Lavagem

A zona íntima é única e requer cuidados específicos. Se para lavar a zona íntima utilizas os mesmos sabonetes ou produtos que usas normalmente no resto do corpo, se fazes lavagens internas (utilizando duches vaginais) ou se exageras na quantidade de lavagens, podes perturbar o equilíbrio do pH da tua vagina e zona íntima, causando ou agravando problemas como o mau odor, secura vaginal ou infeções vaginais recorrentes. A vagina limpa-se naturalmente a si própria, produzindo um lubrificante que arrasta consigo a “sujidade” para o exterior, por isso, o melhor é lavares-te simplesmente, por fora com água quente e produtos sem perfume e suaves, especialmente desenvolvidos para a zona íntima. Alguns produtos, como o Gino-Canesfresh Daily, foram concebidos especificamente para a higiene diária da zona íntima. Estes produtos ajudam a manter o equilíbrio natural do pH enquanto limpam suavemente, mas de forma eficaz.

Se sentes que precisas de te lavar rapidamente ou de te refrescar durante o período menstrual ou após o exercício, experimenta utilizar toalhetes especialmente concebidos para esse efeito.

O número adequando de lavagens é entre 1 e 2 vezes por dia e deverás fazê-lo especialmente após a prática de exercício físico . Certifica-te que te secas bem após cada lavagem e caso sintas necessidade, podes também mudar a roupa interior para te manteres fresca e lavada.

icon Canesten underwear higiene intima

Ter corrimento é normal?

É perfeitamente normal produzir um corrimento claro ou branco. As glândulas do colo do útero produzem um lubrificante natural que mantém a vagina húmida e que ajuda no processo de lavagem natural. Este lubrificante natural escorre ao longo da vagina, ajudando a manter um ambiente limpo e saudável. Por outras palavras, o corrimento é a maneira natural da vagina se lavar a si própria e é sinal de que tens uma vagina saudável.

No entanto, deves estar atenta a alterações no corrimento, já que este não deve ter mau cheiro, causar comichão, dor ou ardor ou mudar de cor. Estas alterações podem ser um sinal de infeção e, nesse caso, podes necessitar de consultar o teu médico.

Cada pessoa é diferente, por isso cada mulher pode produzir mais ou menos corrimento do que outras. Também podem produzir diferentes quantidades de corrimento em função do momento em que se encontram no seu ciclo menstrual. Por exemplo, antes do período, podes ter mais corrimento do que o normal, podendo este ter uma consistência mais espessa.

Sexo e higiene

Certifica-te que esvazias a bexiga depois de ter relações sexuais. Tomar esta precaução ajuda a remover as bactérias que se possam ter espalhado e entrado na uretra (tubo que liga a bexiga à parte imediatamente acima da abertura vaginal) e, assim, prevenir cistites.
Lembra-te – sempre que vais à casa de banho, limpa-te da frente para trás, a fim de evitar a propagação de bactérias.

Gino-Canesfresh

Porque a zona íntima requer cuidados especiais, em particular quando se trata de higiene, desenvolvemos uma gama de produtos especialmente concebidos para cuidar da sua zona íntima, a gama Gino-Canesfresh, para que te sintas limpa e confortável. 

Sabe mais sobre saúde íntima

Mulher ativa a usar um top, em pé numa pose de poder com uma paisagem com o sol de fundo

Saúde vaginal: o que precisas saber

Sabe mais sobre as causas e fatores de risco das infeções vaginais. Sabe quais os sintomas destas infeções e encontra dicas sobre como prevenir o seu aparecimento.

SABE MAIS
Mulher sorridente com cabelo encaracolado, que está a usar uma blusa azul e satisfeita depois de ter experimentado o tratamento da Canesten para a candidíase

O que é a candidíase?

Sabe o que é a candidíase vaginal e quais são os sintomas mais comuns desta infeção fúngica para que a possas identificar facilmente. Podes ainda saber como tratar a candidíase e como evitar que esta se torne uma infeção vaginal recorrente.

SABE MAIS
Mulher sorridente com cabelo ruivo, a usar uma blusa verde, contente com o resultado do tratamento da Canesten para a vaginose bacteriana

O que é a vaginose bacteriana?

Sabe o que é a vaginose bacteriana (VB) e quais são os seus sintomas. Descobre quem está mais propenso a contrair esta infeção vaginal e quais as diferenças entre candidíase e VB. Encontra ainda informação sobre o tratamento da vaginose bacteriana e como prevenir a reincidência desta infeção.

SABE MAIS
Homem jovem e sorridente com uma blusa cinzenta, contente com o tratamento da Canesten para candidíase

Causas e sintomas da candidíase no homem

Sabe mais sobre os sintomas da candidíase no homem, sua prevenção e tratamento desta infeção fúngica.

SABE MAIS
Mulher grávida alegre a utilizar uma blusa amarela e a apontar para sua barriga

Tudo o que precisas saber sobre candidíase na gravidez

Sabe como evitar e prevenir que esta infeção fúngica vaginal se desenvolva durante a gravidez.

SABE MAIS
Mulher a pensar nas respostas ao Quiz sobre candidíase

Quiz sobre a candidíase

Faz o nosso quiz sobre candidíase e descobre o que é facto e o que é mito. Testa o teu conhecimento sobre saúde íntima feminina e partilha os teus resultados!

QUIZ ONLINE
Rapariga sorridente de chapéu com um calendário do seu ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual

Compreender o ciclo menstrual é essencial para te compreenderes a ti mesma. Descobre aqui em que consiste, como funciona e tudo o que influencia o ciclo menstrual.

SABE MAIS
Rapariga de blusa clara sobre um fundo azul a questionar-se se a síndrome pré-menstrual existe

A síndrome pré-menstrual (SPM) existe?

Cada mulher é única e, por isso, passará pela síndrome pré-menstrual (SPM) de forma diferente. Pode ser bastante incomodativa ou não e pode afetar tanto mulheres na adolescência como com 30 ou 40 anos.

SABE MAIS
Senhora sorridente na pré-menopausa vestida de amarelo

O que ocorre na menopausa

A menopausa é uma fase que ocorre na vida de todas as mulheres. Encontra aqui tudo o que precisas saber para compreenderes melhor a menopausa, os seus sintomas e como podes aliviá-los.

SABE MAIS