Candidíase no Homem

Os homens podem contrair candidíase?

Sim, a Candidíase é uma condição que pode afetar tanto homens como mulheres, embora seja menos frequente nos homens. O termo médico para a Candidíase no homem é candidíase balânica.

Causas e sintomas da Candidíase no homem

Tal como acontece na Candidíase vaginal, a causa da Candidíase no homem é um crescimento excessivo do fungo Candida albicans. Este fungo encontra-se naturalmente na pele de indivíduos saudáveis; no entanto, quando o equilíbrio natural da flora da pele é perturbado, o fungo pode multiplicar-se excessivamente despoletando os sinais típicos da infeção.

Nos homens, a Candidíase afeta normalmente a cabeça do pénis (glande), com sintomas semelhantes aos da Candidíase vaginal:

  • Primeiro, a pele afetada fica avermelhada. O interior do prepúcio também pode inchar
  • Após alguns dias, pode começar a surgir comichão, frequentemente acompanhada por uma sensação de ardor que fica mais forte ao urinar ou durante as relações sexuais
  • Por vezes, pode ser observado um corrimento branco, com aspeto semelhante a requeijão, debaixo do prepúcio. Em alguns casos, também pode existir um odor desagradável
  • Sentir dificuldade em puxar o prepúcio para trás é também outro dos sintomas frequentes

Quem está vulnerável à Candidíase no homem?

Nem todos os homens que entram em contacto com a Candidíase vaginal serão afetados; a Candidíase não é uma infeção sexualmente transmitida.

Existem dois grupos particularmente vulneráveis:

  • Homens com um estreitamento do prepúcio
  • Homens com um sistema imunitário enfraquecido

O fungo Candida albicans, que ocorre naturalmente no corpo de indivíduos saudáveis, tende a multiplicar-se em ambientes quentes e húmidos, razão pela qual a Candidíase genital é muito menos comum nos homens do que nas mulheres (na glande não encontra as condições ideais para se reproduzir).

No entanto, se o prepúcio for estreito, os fungos podem encontrar condições favoráveis para se multiplicarem. Além disso, o estreitamento do prepúcio dificulta a sua limpeza. É por isso que a Candidíase é menos comum nos homens circuncidados.

Tal como indicado acima, as pessoas com o sistema imunitário enfraquecido podem ser particularmente afetadas por fungos, sendo que os homens com diabetes têm um risco mais elevado devido aos níveis de glicose associados à diabetes, que fomentam a propagação de fungos.

Pode também estar mais propenso à Candidíase se tiver terminado um ciclo de antibióticos.

Tratamento da Candidíase no homem

A Candidíase peniana pode ser tratada eficazmente com medicamentos não sujeitos a receita médica, tais como creme antifúngico à base de clotrimazol, que acalma a comichão e elimina a Candidíase.

Outros conselhos para a prevenção

  • Pode ajudar a evitar a Candidíase lavando o pénis regularmente e usando um preservativo quando tiver relações sexuais (se o parceiro sexual tiver Candidíase).
  • Evite usar sabonetes ou géis de banho perfumados agressivos nos seus órgãos genitais, uma vez que podem causar irritação. Certifique-se de que seca bem o pénis depois de o lavar
  • Utilizar roupa interior de algodão larga pode ajudar a evitar a acumulação de humidade no prepúcio, o que diminui a probabilidade de multiplicação do fungo Cândida

Top

Gino-Canesten 1 comprimidos e cápsula mole vaginal, Gino-Canesten comprimidos e creme vaginal contêm clotrimazol. Indicados na Candidíase vaginal recorrente. Indicado em infeções dos lábios genitais e áreas adjacentes, bem como inflamação da glande e prepúcio do parceiro sexual causadas por leveduras (creme). Contraindicados no caso de hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes. Advertências e precauções especiais de utilização: febre, dor abdominal inferior, dor de costas, corrimento vaginal de mau odor, náuseas, hemorragia vaginal e/ou dor no ombro associada e nos 3 primeiros meses da gravidez. Descontinuar durante a amamentação. Podem reduzir a eficácia e a segurança de produtos à base de látex, tais como: preservativos e diafragmas. O efeito é temporário e ocorre apenas durante o tratamento. Medicamentos não sujeitos a receita médica. Leia atentamente o folheto informativo e, em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Gyno-Canesbalance contém ácido láctico e glicogénio. Para tratamento dos sintomas da Vaginose Bacteriana. Pode ser utilizado durante a gravidez e menstruação. Não utilizar se a ponta do aplicador estiver partida, após o prazo validade ou se pretender engravidar. Cada bisnaga é de utilização única. Em caso de persistência ou agravamento dos sintomas fale com o seu médico. Dispositivo Médico.

Gyno-Canestest Teste de autodiagnóstico de infeções vaginais comuns. Se está grávida, fale com o seu médico antes de utilizar este dispositivo. Não utilizar durante a menstruação/hemorragia vaginal, se faltar menos de 1 dia ou está no dia a seguir à menstruação, se passaram menos de 12 horas após relações sexuais ou duche vaginal. Não utilizar na menopausa. De utilização única. Dispositivo médico para diagnóstico in vitro.

Gino-Canesfresh Daily e Gino-Canesfresh Calm Dermocosméticos. Consulte a informação sobre os produtos. Para mais informações contactar o distribuidor Bayer Portugal, Lda.

Canesten creme, pó e solução para pulverização cutânea contêm clotrimazol. Indicados em infeções fúngicas da pele causadas por dermatófitos nomeadamente as micoses intertriginosas nas mãos e nos pés (p.ex. tinea manuum, tinea pedum conhecido por “pé de atleta”) e pitiríase versicolor. Indicado na dermatite da fralda (creme). Contraindicados no caso de hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes do medicamento. Advertências e precauções especiais de utilização: podem causar reações cutâneas locais (creme e solução). Quando aplicado nas zonas intertriginosas, junto da área genital, pode reduzir a eficácia e segurança de produtos à base de látex, tais como: preservativos e diafragma (pó). Pode igualmente ser reduzida a eficácia anticoncecional de espermicidas vaginais (pó). O efeito é temporário e ocorre apenas durante o tratamento (pó). Como medida de precaução, é preferível evitar a utilização de clotrimazol durante o primeiro trimestre da gravidez. Descontinuar durante a amamentação. Medicamentos não sujeitos a receita médica. Leia atentamente o folheto informativo e, em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Canesten Unidia creme e solução para pulverização cutânea contêm bifonazol. Indicados no tratamento tópico de micoses interdigitais (tinea pedis, tinea manuum) e pitiríase versicolor. Contraindicados no caso de hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes do medicamento. Advertências e precauções especiais de utilização: doentes com antecedentes de reações de hipersensibilidade a outros agentes antifúngicos imidazólicos (por ex., econazol, clotrimazol, miconazol) devem utilizar medicamentos contendo bifonazol com cautela. Evitar o contacto com os olhos. Não engolir. Contém álcool cetostearílico e pode causar reações cutâneas locais (solução). Como medida de precaução, é preferível evitar a utilização de bifonazol durante o primeiro trimestre da gravidez. Descontinuar durante a amamentação. Medicamentos não sujeitos a receita médica. Leia atentamente o folheto informativo e, em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Canespro Kit de Tratamento de Infeções Fúngicas da unha é parte dum tratamento tópico de micoses das unhas. Contém ureia. Para uso externo e exclusivo nas unhas. Lavar as mãos antes e após utilização. Evitar o contacto com os olhos, mucosas, feridas e pele. Não engolir, nem colocar na boca. Não utilizar em caso de alergia a algum componente. Não utilizar juntamente com vernizes para as unhas ou em crianças. Cada penso é de utilização única. Dispositivo Médico. Leia atentamente a rotulagem e as instruções de utilização. Para mais informações contactar o distribuidor Bayer Portugal, Lda.

L.PT.MKT.DC.10.2019.0147