Síndrome Pré-menstrual (SPM)

Apesar de ser objeto de piadas ou ser tomada de ânimo leve, a síndrome pré-menstrual (também conhecida por SPM) é uma síndrome real que compreende uma lista de sintomas ligados ao ciclo menstrual mensal. Os sintomas podem ser físicos, emocionais e comportamentais e são o resultado das mudanças hormonais que ocorrem no corpo após a ovulação e antes da menstruação (o período). A SPM é extremamente comum – afeta três em cada quatro mulheres. Os sintomas da SPM começam normalmente a aparecer uma ou duas semanas antes do período e desaparecem geralmente dentro de um par de dias a contar do início do seu período.

Há mais de uma centena de sintomas diferentes associados à SPM. Pode experienciar sintomas emocionais e comportamentais, tais como irritabilidade, ansiedade, depressão, desejo de açúcar ou problemas de sono. Pode também experienciar sinais e sintomas físicos, como inchaço, hipersensibilidade, dor nos seios e manchas ou acne. Cada mulher experiencia a SPM de forma diferente e certos sintomas podem ser mais pronunciados durante diferentes fases da vida. Por exemplo, pode ter mais sintomas da SPM quando atinge a puberdade ou quando chega aos trinta ou quarenta anos.

Tratar e prevenir a SPM

Nem sempre é possível prevenir totalmente a SPM, mas há muitas coisas que pode fazer para a ajudar a gerir e reduzir os sintomas.

O seu estilo de vida pode contribuir para certos sintomas da SPM. Por exemplo, o peso, níveis de exercício físico, tabagismo, hábitos de consumo de bebidas e tipo de alimentação podem afetar o risco de SPM, bem como a gravidade dos seus sintomas.

Se a SPM afeta o seu dia-a-dia, pode consultar o médico, que a ajudará recomendando-lhe diferentes tratamentos ou ações a tomar para aprender a lidar com os sintomas.

Stress e Sono

Pode ser mais sensível ao stress e depressão quando se aproxima o período, devido às alterações hormonais que ocorrem no seu corpo. Tente não assumir demasiadas tarefas e peça ajuda aos outros se se sentir menos capaz para lidar com elas. É importante dormir o suficiente, e o exercício físico regular e comer bem podem ajudar a reduzir os níveis de stress e a conservar a boa disposição.

É comum que as alterações hormonais pelas quais atravessa neste momento do seu ciclo tenham repercussões sobre os seus padrões de sono. É melhor limitar a ingestão de álcool, na medida em que beber vinho interfere com os processos normais de sono e pode afetar a qualidade do seu sono. Exercício regular também a pode ajudar a dormir, reduzindo o stress e libertando endorfinas que aumentam a boa disposição.

Alimentação

Introduzir algumas mudanças na alimentação pode, muitas vezes, ajudar a aliviar os sintomas de SPM. Tente reduzir o consumo de gordura saturada, sal, açúcar e cafeína substituindo-o por alimentos ricos em ferro, como vegetais de folhas escuras, feijão, sementes e carne branca ou vermelha. Estas alterações ajudam a combater o cansaço. Se sofre de inchaço abdominal, tente reduzir a ingestão de sal e aumentar o consumo de água. Se anseia por algo doce, tente aumentar a ingestão de fibra e proteínas – a fibra e os alimentos ricos em proteínas ajudam a que se sinta saciada e cheia e a evitar picos de açúcar no sangue.

Quando é que deve consultar o seu médico?

Se não consegue gerir a síndrome pré-menstrual com mudanças no seu estilo de vida e se os sintomas da SPM estão a afetar a sua saúde e atividades do quotidiano, procure o conselho do seu médico.

Ar livre

Tente estar ao ar livre tanto quanto possível. A luz natural aumenta os níveis de serotonina e dopamina, o que ajuda a melhorar o seu humor e a lidar melhor com a SPM.

Top